Bartolomeu suspenso três meses

Comissão Disciplinar castiga presidente do Leiria. Declarações contra Ricardo Costa valeram suspensão mais três mil euros de multa ao líder da U. Leiria

João Bartolomeu, presidente da União de Leiria, clube que vai disputar a Liga de Honra, foi suspenso pela Liga de Clubes durante três meses, sendo-lhe aplicada ainda uma multa de três mil euros de multa.

O líder do clube do Lis foi, assim, penalizado devido a críticas ao presidente da Comissão Disciplinar da Liga de Clubes no âmbito do precesso denominado por "Apito Final".

A sanção final contemplou ainda o facto de João Bartolomeu ter feito "ofensas à reputação" de árbitros e entidades desportivas.

Ricardo Costa não votou o acórdão que foi votado por unanimidade. "Neste processo foi comunicado e declarado o impedimento do presidente da CD para participar na discussão e deliberação, que foi tomada pelos restantes quatro vogais", adianta o comunicado da Liga.

Durante os próximos três meses, João Bartolomeu encontra-se impedido de se sentar no banco de suplentes, de representar a SAD leiriense em Assembleias Gerais da Liga e ainda de prestar declarações na qualidade de presidente da União de Leiria.

Benfica multado e absolvido

Na mesma reunião que determinou a pena de João Bartolomeu, a CD da Liga multuo o Benfica em 5.100 mil euros por distúrbios no jogo com o V. Guimarães e não comparência do treinador nas entrevistas rápidas após o jogo com o Marítimo nos Barreiros. Paralelamente, os encarnados viram arquivado o processo referente à lembrança oferecida ao árbitro Rui Silva no Benfica-Naval.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG