Gripe A recua no México e causa batalha campal no Cairo

A gripe AH1N1 continua a manifestar-se das Américas à China, e também na Internet e nos telemóveis de terceira geração. As quarentenas permanecem na ordem do dia da Suíça à China

As autoridades de saúde mexicanas afirmam que o vírus da gripe AH1N1 "está a recuar" no país, mas a China colocou 70 mexicanos em quarentena em Pequim. Na região do Cairo, luta-se pela vida ou morte de 250 mil porcos e em Hong Kong é preciso fazer contrabando para variar a ementa do hotel em quarentena.

"Damos informações em troca de cerveja, comida e cigarros", lia-se num cartaz empunhado por um dos 300 hóspedes do hotel de Hong Kong em quarentena até à próxima sexta-feira. É que as rotinas num hotel, mesmo de quatro estrelas, sujeito a fortes restrições, não são muito agradáveis nem diversificadas. A começar pelas refeições. A dieta assenta em pratos de arroz. "Estamos forçados a fazer contrabando", contava um dos hóspedes ontem à AFP, para "conseguirmos encomendar vinho australiano e gulodices".

Os sete elementos do executivo do cantão de Aarau foram colocados de quarentena até terça-feira. O motivo é que um dos seus membros viajou no mesmo avião, procedente dos EUA, em que viajava o único caso confirmado de gripe A no país.

Swinefighter é o nome do jogo inspirado na gripe A que está a fazer furor na Internet. O objectivo é impedir a disseminação do vírus, recorrendo a uma agulha para inocular o antídoto em porcos que "levantam voo" para longínquas paragens. Segundo a contabilidade do jogo, já foram erradicados mais de 800 mil vírus. Mas Swinefighter não é só disparar sobre suínos no espaço, integra uma vertente didáctica e fornece informações úteis sobre higiene nesta conjuntura.

Os viajantes chegados do México, e também de Espanha, estavam ontem a ser discriminados no aeroporto de Orly, com os funcionários encarregados do transporte e controlo das bagagens a recusarem-se a fazê-lo. Os receios de contágios estão na origem da situação que afectou entre sábado e ontem uma média de 15 voos. Também uma tripulação da Air France se recusou a embarcar num voo para o México.

Uma empresa de tecnologia americana, a IntuApps, está a preparar um detector geográfico de pessoas com o vírus da gripe suína, depois do Google ter criado um Flu Trend (tendências da gripe), recorrendo a dados disponíveis sobre a evolução do vírus. Mais ambicioso é o projecto da IntuApps - Flu Tracker (detector da gripe). A aplicação poderá ser descarregada num iPhone, permitindo saber se nas imediações se movimenta alguém com o vírus.

Nenhum deles apresenta sinais da gripe, mas são mexicanos e bastou para que o Governo chinês os isolasse ontem num hotel em Pequim. Uma decisão que coincidiu com declarações de responsáveis do México, afirmando que a "epidemia entrou na sua fase de recuo". Estes sublinham, contudo, que "é cedo para baixar os braços".

Violentos confrontos opuseram ontem na região do Cairo a polícia e os suinicultores, quando os primeiros queriam recolher os porcos para abate. Foi necessário chamar a polícia de intervenção para dispersar os produtores. Alguns destes consideravam que a medida visava a comunidade cristã copta, que se dedica à sua criação neste país maioritariamente muçulmano.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG