Um concerto lendário de Bruce Springsteen

75 mil pessoas assistiram à atuação do músico que, acompanhado pela E Street Band, apresentou no encerramento do Palco Mundo um dos melhores concertos do festival

Os temas mais emblemáticos foram mesmo deixados para fim, como Born in the USA, Born to Run ou Glory Days, numa perfeita comunhão entre banda e público, num entusiasmo e entrega de igual para igual. A sua faceta política não foi descurada, tendo feito referência às "pessoas que perderem os seus empregos, as suas casas e para quem a vida mudou para sempre" antes de interpretar We Are Alive. No final Bruce Springsteen já nadava em suor, mas não abrandou na sua dedicação emotiva, sabendo como poucos dar um espetáculo para as massas que não se resuma a um mero desenrolar de sucessos.

Pode ler o texto completo no blogue Fora de Estúdio

Mais Notícias

Outras Notícias GMG