Vendas de automóveis baixam 28,5% em janeiro

Veículos de ligeiros de passageiros sofreram a maior travagem nas compras no primeiro mês do ano, com os concessionários fechados durante mais de uma semana.

O mercado automóvel registou uma queda de 28,5% em janeiro, face ao mesmo mês do ano anterior, com 12.512 veículos registados, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP) divulgados esta segunda-feira.

"Em janeiro de 2021 foram matriculados, pelos representantes legais de marca a operar em Portugal, 12.512 veículos automóveis, ou seja, menos 28,5% do que em igual mês do ano anterior", indicou, em comunicado, a associação.

Por categoria, foram registados 10.029 automóveis ligeiros de passageiros novos, uma queda de 30,5% face ao período homólogo.

Segundo a ACAP este retrocesso só não foi superior, porque em janeiro foram matriculadas "várias centenas de veículos híbridos, cujo imposto foi liquidado em 2020", na sequência do agravamento do ISV, aprovado no Orçamento do Estado para 2021.

O mercado de ligeiros de mercadorias, por seu turno, cedeu 19,2% em janeiro, em comparação com o mesmo mês de 2020, fixando-se em 2.098 unidades matriculadas.

Já no que se refere às matrículas de veículos pesados de passageiros e de mercadorias registou-se, no primeiro mês de 2021, um recuo de 20,8%, em relação ao período homólogo, para 385 veículos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG