Trabalhadores dizem que paz social na CGD está "ferida de morte"

A Comissão de Trabalhadores da CGD disse que soube da denúncia dos Acordos Empresa apresentada pela administração do banco "por terceiros".

A Comissão de Trabalhadores da Caixa Geral de Depósitos (CGD) disse esta quarta-feira que soube da denúncia dos Acordos Empresa (AE) apresentada pela administração do banco “por terceiros”, sublinhando que a paz social no banco “está definitivamente ferida de morte”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG