Tesla com perdas de 2,2 mil milhões de dólares em 2017

A fabricante de automóveis elétricos anunciou perdas líquidas de 2,2 mil milhões de dólares - 1,8 mil milhões de euros - em 2017, 189,7% a mais do que em 2016, depois de perder 770 milhões de dólares no último trimestre do ano

Ao aumento das perdas ocorreu apesar de as receitas da Tesla aumentarem em 67,9%, para os 11,8 mil milhões de dólares.

A Tesla referiu, em comunicado, que "em algum momento em 2018" espera começar a "gerar receitas operacionais trimestrais de forma sustentada".

A empresa explicou que prevê que, com o aumento previsto na produção do Modelo 3 e dos produtos de armazenamento de energia, o crescimento das receitas em 2018 "excederá significativamente" as de 2017.

Tesla também prevê ainda que até o final do primeiro trimestre de 2018 atingirá os níveis de produção do Modelo 3 de 2500 unidades por semana e que, no final do segundo trimestre, a taxa de produção será de 5000 unidades por semana.

Mas a empresa alertou que, no passado, teve problemas para cumprir as suas expectativas de produção.

No último trimestre do ano, a Tesla entregou 28425 unidades do modelo S e modelo X e 1542 do Modelo 3.

Em todo o ano de 2017, a Tesla entregou 103181 veículos: 101417 unidades do Modelo S e Modelo X e 1764 do Modelo 3.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG