Supermercado em Hong Kong vende um morango por quase 20 euros

Críticas choveram nas redes sociais: "Isto é genial. Embrulhar as coisas de forma agradável, fazê-las brilhar e vendê-las com pelo menos 400% de lucro"

Pouco ecológico, nada apetitoso, uma exorbitância sem justificação. Estas são algumas das críticas que os frequentadores de um supermercado em Hong Kong fizeram nas redes sociais depois de se terem deparado com uma forma inédita de vender morangos: os responsáveis do CitySuper decidiram colocar à venda um - apenas um - morango do Japão, dentro de uma embalagem de plástico com tampa transparente, com a peça de fruta encaixada numa espécie de ninho. O preço? 168 dólares de Hong Kong, ou seja, perto de 20 euros.

As críticas têm chovido desde domingo, quando um internauta colocou no Facebook uma imagem do morango cuidadosamente embalado, dizendo que este tipo de opção de marketing é a principal responsável por "oito milhões de toneladas de lixo" à deriva nos oceanos. "Estão a envenenar a fonte da nossa alimentação e a cobrir a terra com este lixo tóxico", escreveu Craig Leeson.

As críticas continuaram nas redes sociais, não apenas por causa da falta de consciência ecológica mas também devido ao preço do singelo morango: "Isto é genial. Embrulhar as coisas de forma agradável, fazê-las brilhar e vendê-las com pelo menos 400% de lucro", escreveram outros utilizadores.

Já o supermercado defende-se dizendo que a ideia da embalagem foi do vendedor japonês, que quis vender o morango como uma ideia de presente para o Dia dos Namorados, no próximo dia 14 de fevereiro. "O morango numa caixa de presente foi importado do Japão com a embalagem original, dada a sua qualidade, raridade e fragilidade", explicou um porta-voz do CitySuper à imprensa local.

De acordo com o supermercado, o preço do morango deve-se aos custos de logística necessários para o transporte e à exclusividade do produto: o fruto, transportado via aérea para Hong Kong desde a cidade japonesa de Nara, é descrito como "raro" e com "boa acidez e uma doçura rica".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG