Sindicato considera fim da reforma obrigatória aos 70 anos desnecessário

O sindicato dos funcionários públicos considerou uma "mudança claramente avulsa" e "desnecessária" a intenção do Governo.

O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP) considerou esta quinta-feira uma “mudança claramente avulsa” e “desnecessária” a intenção do Governo de alterar a lei que obriga os funcionários públicos a aposentar-se quando completam 70 anos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG