Rendas descem 11,1% em Lisboa

No Porto, a variação homóloga mantém-se positiva, mas surgiu um travão no ritmo de crescimento.

As rendas das casas em Lisboa caíram 11,1% no terceiro trimestre face ao período homólogo de 2019. Esta é a maior descida desde que "o Índice de Rendas Residenciais da Confidencial Imobiliário acompanha este mercado", ou seja, de 2010.

As rendas também recuaram 3,9% face ao segundo trimestre, a terceira descida em cadeia consecutiva, sublinha em comunicado a Confidencial Imobiliário.

No Porto, a variação homóloga mantém-se positiva, mas surgiu um travão no ritmo de crescimento, que passou de 6,5% no segundo trimestre para 1,7% neste terceiro trimestre.

Em termos trimestrais, o mercado do Porto regista a primeira descida em cinco anos, com uma redução de 2,2% nas rendas no terceiro trimestre.

No total do mercado português, a variação homóloga manteve-se em 2,2% no terceiro trimestre, depois de perder expressão do primeiro para o segundo trimestre (de 8,2% para 2,4%). Na comparação trimestral verifica-se nova contração, com uma variação negativa de 0,1%.

Sónia Santos Pereira é jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias