Regulador diz que há sempre formas de repercutir comissões

Em causa está o projeto de lei que imputa à banca o imposto de selo das comissões por pagamentos com cartões.

O Banco de Portugal considera que o projeto de lei da maioria parlamentar que imputa à banca o imposto de selo das comissões por pagamentos com cartões "é clarificador", mas admite que a repercussão de custos pode sempre acontecer.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG