PSA mantém ameaça de sair de Mangualde

PSA mantém a ameaça de reavaliar o investimento na fábrica de Mangualde se o Governo não apresentar soluções à alteração das classes das portagens.

O grupo Peugeot-Citroën mantém a ameaça de reavaliar o investimento na fábrica de Mangualde se o Governo não apresentar qualquer solução relativamente à alteração das classes das portagens. O alerta foi deixado por Alfredo Amaral, diretor-geral do grupo PSA Portugal e refere-se ao facto de os novos veículos comerciais que vão começar a ser produzidos na fabrica de Mangualde pagarem Classe 2 nas portagens.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG