Orçamento. Mais 537 milhões em impostos, mais 73 milhões para a Saúde

Défice estabiliza em 377 milhões no 1º trimestre. Centeno diz que despesa do SNS atingiu maior valor desde que troika chegou.

O défice público apurado pelas Finanças ficou praticamente estabilizado no primeiro trimestre. Foram cobrados mais 537 milhões de euros em impostos face ao mesmo período de 2017. O sector da Saúde pôde gastar mais 73 milhões, indica a execução orçamental até março, ontem divulgada.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG