OCDE. Reverter reformas laborais do passado é um perigo para o país

Vieira da Silva quer reverter medidas laborais do antigo ministro do Emprego do PSD, Álvaro Santos Pereira, hoje é economista-chefe da OCDE.

Na terça-feira, o FMI. Na quarta-feira, a OCDE. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico adverte o governo e, em especial, o ministro do Trabalho, José Vieira da Silva, que “reverter alguns aspectos das reformas do mercado de trabalho feitas no passado, como o banco de horas individual, pode impactar negativamente no crescimento do emprego”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG