"O investidor estrangeiro que há 4 anos descobriu Lisboa está a ir para o Porto"

O mercado imobiliário está a enfrentar uma altura conturbada nas grandes cidades, mas o Porto ainda tem espaço para crescer, garante o iad.

Foi há três anos que o mercado imobiliário português piscou o olho à iad. A imobiliária francesa ficou seduzida pelo país e decidiu dar o passo para a sua primeira internacionalização. Depois de sete anos a crescer em França, em 2015 as terras lusófonas foram eleitas como segunda casa para acolher um modelo de negócio inovador à época: uma agência imobiliária exclusivamente online, na qual os agentes são chefes de si próprios. "Em Portugal as pessoas têm uma mente aberta e não têm medo de arriscar numa nova ideia, há um espírito empreendedor", justifica o diretor da iad, Roland Tripard, que admite que para além da componente humana, também o mercado foi peça decisiva. "O mercado imobiliário estava numa fase de rápido crescimento e considerámos que era a altura ideal para avançar", relembra.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG