Novo Banco gasta 57 milhões com indemnizações e reformas

Novo Banco inscreveu provisão para custos com o processo de reestruturação no valor de 109,6 milhões de euros no primeiro trimestre

O Novo Banco gastou 57 milhões de euros no segundo trimestre do ano com reformas antecipadas e indemnizações. De acordo com os resultados do banco, divulgados este domingo, entre abril e junho deste ano "foram assumidos encargos" de 38,2 milhões de euros com reformas antecipadas e de 18,8 milhões de euros com "indemnizações contratuais".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG