Metro do Porto: Novos veículos são chineses e chegam a partir de 2021

CRRC ganhou concurso para fornecer 18 novos veículos e poupou 6,5 milhões de euros ao Metro do Porto face ao preço original

Os chineses da CRRC Tangsthan venceram o concurso para fornecer 18 novos veículos para o Metro do Porto. As novas unidades vão chegar a partir do segundo semestre de 2021 e vão custar 49,6 milhões de euros, menos 6,5 milhões de euros face ao orçamento inicialmente previsto, anunciou esta sexta-feira a empresa de transportes.

"A lotação dos novos "metros" será de 252 lugares, 64 dos quais sentados. Estas composições vão ter duas cabines e funcionar em modo bidireccional (como as actuais), atingindo uma velocidade máxima de 80 km/hora. Com este investimento, a frota do Metro do Porto passará a contar com 120 unidades - 72 Bombardier Eurotram, 30 Bombardier Tram-Train e os 18 novos CRRC", refere nota publicada na página oficial do Metro do Porto.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG