Mercadona acorda salário de 1300 euros e medidas sociais

A Mercadona acordou a introdução de medidas para facilitar a conciliação entre a vida familiar e a profissional

A Mercadona, retalhista espanhola que abrirá este ano as suas primeiras lojas em Portugal, acordou o pagamento de um salário mínimo base de 1300 euros brutos e sete semanas de extensão da licença de paternidade com os sindicatos espanhóis.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG