Maria Luís Albuquerque: "Não me chocaria ver a CGD privada"

Repor rendimentos antes de criar riqueza é um exercício de risco, diz a ex-ministra das Finanças, que lança fortes críticas ao governo de Costa

Já lá vão três anos desde que a troika saiu de Portugal. Prometeu que o país ficaria melhor. Três anos depois mudou o governo e sobram problemas, nomeadamente financeiros. Maria Luís Albuquerque, ex-secretária de Estado e antiga ministra das Finanças, lidou com um dos períodos mais difíceis da história do país. Foi o rosto da austeridade. Esteve sempre ao lado de Pedro Passos Coelho, à época primeiro-ministro, e, mesmo depois de ter saído do governo, aceitou ser deputada e vice-presidente do PSD. Agora é candidata à Assembleia Municipal de Almada. Não foge às perguntas e lança farpas ao governo.

Leia mais no Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outras Notícias GMG