Maria João Carioca é a primeira mulher a liderar a Bolsa de Lisboa

Nova presidente executiva será a primeira mulher a chefiar oficialmente a bolsa desde a sua fundação, em 1769

A Euronext Lisboa anunciou hoje que Maria João Carioca vai ser a nova presidente da gestora da bolsa em Lisboa, sucedendo a Luís Laginha de Sousa, tendo a sua nomeação sido aprovada "por unanimidade". A responsável será a primeira mulher a chefiar oficialmente a bolsa desde a sua fundação, em 1979, adianta o Expresso.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Euronext Lisboa diz que a nova presidente deverá assumir funções no segundo semestre do ano, "aguardando-se todas as aprovações relevantes regulatórias e dos acionistas".

Maria João Borges Carioca Rodrigues vem da Caixa Geral de Depósitos (CGD), na qual integrava a Comissão Executiva e tinha ainda a seu cargo as funções do Marketing e das TI/Operações.

"A nova CEO [presidente executiva] da Euronext Lisbon tem uma vasta experiência no sector financeiro europeu. A sua comprovada experiência em funções executivas, combinando exigentes desafios de desenvolvimento de negócios com elevado desempenho operacional e as configurações de sistemas tornam-na a pessoa mais relevante para liderar as operações da Euronext em Portugal", lê-se no comunicado.

Segundo a informação divulgada, de forma a garantir "uma transição suave", a atual presidente interina da Euronext Lisbon, Isabel Ucha e o atual presidente interino da Interbolsa concordaram em permanecer nestes cargos até que Maria João Carioca Rodrigues seja nomeada oficialmente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG