La Casa de Papel é um dos 100 projetos da Netflix na Europa em 2018

São 100 projetos que empregam mais de 35 mil pessoas, num investimento enorme. Portugal continua de fora.

A Netflix está bem viva e recomenda-se. Esta semana já teve um dia em cheio em bolsa e em resultados. Agora, anunciou em Roma, num evento em que o Dinheiro Vivo esteve presente, planos ambiciosos para a Europa para continuar a ser "o maior produtor de conteúdos" no Velho Continente. Ted Sarandos, o responsável pelos conteúdos da Netflix anunciou mesmo que em 2018 a empresa vai duplicar os gastos com conteúdo europeu, que pode atingir os dois mil milhões de euros em breve - de 2012 a 2016 a empresa gastou "só" 1,4 mil milhões de euros (a empresa planeia gastar 8 mil milhões de dólares em conteúdos só este ano).

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG