Jerónimo Martins recua lucros 43,1% para 285 milhões até setembro

Excluindo o impacto da venda da Monterroio, os lucros do grupo dono do Pingo Doce teriam sido 7,1% até setembro

A Jerónimo Martins fechou setembro com 285 milhões de euros de lucros, uma quebra de 43,1% nos resultados líquidos quando comparado com os primeiros nove meses do ano passado, altura em que o grupo dono do Pingo Doce e Biedronka registavam lucros de 502 milhões, impactados pela mais-valia de 310 milhões obtida com a venda da Monterroio.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG