Inspetores do BCE detetam dez mil milhões mal contabilizados pelos bancos

As inspeções feitas pelo Banco Central Europeu aos bancos da zona euro detetaram problemas no cálculo de ativos e de imparidades.

O Mecanismo Único de Supervisão realizou quase 140 inspeções a bancos da zona euro. E detetou que em alguns casos continuavam a registar-se problemas no cálculo do valor dos ativos e das imparidades. Essa vigilância incidiu sobretudo em aspetos qualitativos do processo de gestão do risco de crédito e sobre a qualidade dos ativos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG