Horta Osório: “não devemos ser complacentes” com a dívida pública

O banqueiro diz que Portugal está a ir na direção certa mas precisa baixar mais o nível de dívida pública.

António Horta Osório, presidente executivo do Lloyds Bank, elogiou esta sexta-feira a melhoria registada nas contas públicas em Portugal e na dívida mas frisou que o nível de endividamento do país ainda é “exageradamente alto”.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias