HEN deixa de fornecer energia e 3.900 clientes passam para mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) informou que a empresa HEN deixou de ter condições para fornecer serviços energéticos, por "incumprimento de obrigações", e a SU Eletricidade passa a garantir o fornecimento dos seus cerca de 3.900 clientes.

"A ERSE-Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos foi formalmente notificada de que o comercializador HEN -- Serviços Energéticos, Lda. deixou de ter condições para assegurar o fornecimento aos seus clientes, por incumprimentos de obrigações decorrentes da sua atuação no mercado elétrico", lê-se num comunicado do regulador da energia.

Assim, a ERSE determinou que os cerca de 3.900 clientes do comercializador em causa passam a ser fornecidos pelo Comercializador de Último Recurso (CUR), função desempenhada pela SU Eletricidade.

Segundo o regulamento de relações comerciais dos setores elétrico e do gás, o CUR - que fornece todos os clientes que não optaram por um comercializador de mercado -- deve garantir o abastecimento aos consumidores no caso de o respetivo comercializador ficar impedido de o fazer, seja por impedimento legal, ou insolvência.

A ERSE enviou informação aos consumidores em causa, onde explica que têm a possibilidade de escolherem, a todo o tempo, um outro comercializador em regime de mercado.

O regulador recomenda ainda que "os clientes do comercializador HEN -- Serviços Energéticos, Lda. possam comunicar a leitura do consumo que consta do seu respetivo contador através dos meios disponibilizados pelo operador da rede de distribuição, designadamente pelo número de telefone 800 507 507".

Desta forma, prosseguiu, "garante-se que a faturação aos clientes é ajustada e mais rigorosa".

No mesmo comunicado, a ERSE sublinha que avançou recentemente com medidas extraordinárias para os setores elétrico e do gás natural, numa ótica de "minimizar os efeitos adversos" da atual volatilidade dos preços nos mercados grossistas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG