Grupo Minipreço mais seletivo nos investimentos e expansões

As vendas na Península Ibérica caíram 2,5%. Em Portugal, a quebra atingiu nos 3,3%

O grupo de distribuição Dia, que em Portugal opera com as marcas Minipreço e Clarel, decidiu optar por uma estratégia mais seletiva e restritiva de investimentos, após a performance registada nos primeiros nove meses do ano. O grupo anunciou inclusive que está a equacionar “alternativas” para negócios como a rede de lojas Clarel. “Seremos muito mais disciplinados em cada euro que investirmos”, disse António Coto, administrador do Dia.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias