Greve dos ferroviários a 4 de junho sem serviços mínimos

Os arbitros do CES impõem apenas a realização de comboios de socorro e o transporte de mercadorias perigosas ou perecíveis.

Os arbitros do Conselho Económico e Social (CES) optaram esta terça-feira por não definir serviços mínimos para a greve dos ferroviários de segunda-feira, impondo apenas a realização de comboios de socorro e o transporte de mercadores perigosas ou perecíveis.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias