FMI pede contenção nos gastos com salários

Relatório de análise anual elogia o "progresso notável" da economia, mas deixa alertas à dívida, pedindo reformas estruturais, e atenção aos bancos

Com o tema do descongelamento das carreiras na Função Pública na ordem do dia, o Fundo Monetário Internacional vem alertar para a necessidade de haver "contenção da fatura com salários" em 2018, sublinhando que Portugal tem, até, um dos maiores diferenciais da Europa entre os ordenados públicos e privados. O objetivo é diminuir esse gap e "promover a igualdade entre os cidadãos". Dados do relatório de avaliação anual do FMI, que elogia o "progresso notável" da economia portuguesa, mas alerta para riscos, designadamente no sistema financeiro, sujeito, a partir de 2018, a novas imposições regulatórias. Soluções para o crédito malparado são urgentes, bem como mais cortes nos custos.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG