FMI. Banca portuguesa está cada vez mais amarrada à dívida pública

"As vulnerabilidades continuam a aumentar" no sistema financeiro global, sobretudo porque os juros continuam demasiado baixos, considera o FMI.

A banca portuguesa está cada vez mais amarrada à dívida pública e apresenta sinais de grande vulnerabilidade em caso de um novo choque ou ajustamento no mercado das obrigações soberanas, avisa o Fundo Monetário Internacional (FMI), no relatório sobre a estabilidade financeira global, edição da primavera. Pior só mesmo Itália.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG