Facebook enfrenta prova de fogo com chegada do RGPD

A rede social vive um momento delicado, que surge poucas semanas antes das regras de privacidade dos utilizadores saírem reforçadas.

O Facebook confirmou à Reuters que vai alterar os termos de utilização do seu serviço para que 1,5 mil milhões de utilizadores não sejam abrangidos pelo novo regulamento geral da proteção de dados da Europa (RGPD). Esta decisão vem trazer ainda mais confusão a um cenário que por si só já era confuso e vai contra aquilo que o próprio Facebook tinha prometido há apenas algumas semanas.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias