Exportadora colombiana de canábis investe 25 milhões de euros em Portugal

Colombiana Clever Leaves abriu porta dos EUA para exportação de canábis a partir de Portugal, onde os investimentos da empresa vão totalizar 25 milhões de euros no final deste ano.

O mercado da canábis medicinal está numa nova fase de expansão, em Portugal. O país já contava com, pelo menos, cinco empresas a cultivar, secar, cortar e embalar canábis, desde a legalização do uso para fins medicinais deste tipo de planta, em 2019. Agora, o mercado nacional subiu um patamar, depois da colombiana Clever Leaves anunciar que começou, este mês, a exportar flor seca de canábis de Portugal para os EUA, o maior mercado do mundo de uso medicinal e investigação científica de canábis. O primeiro lote de 30 quilos já seguiu para a Biopharmaceutical Research Company, empresa farmacêutica com quem foi fechado o acordo de exportação.

"É importante reconhecer que a Clever Leaves abriu uma porta, alcançando um tremendo objetivo para as empresas que estão no negócio da canábis para fins medicinais, em Portugal", afirma Kyle Detwiler, CEO da Clever Leaves, em entrevista ao Dinheiro Vivo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG