Ex-operários tentam evitar saída de máquinas da Órbita

Jorge Santiago, CEO do grupo Miralago, admite venda de equipamentos obsoletos, mas diz que a empresa “é para continuar”

Alguns ex-trabalhadores da Miralago/Órbita concentraram-se esta segunda-feira à porta da fábrica numa tentativa de evitar a saída de máquinas. A informação que a empresa teria agendado para o início da manhã de hoje o transporte “dos últimos equipamentos com valor” ainda existentes nas instalações levou os ex-operários a juntarem-se à porta da unidade de Águeda.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG