EMEL dá 100 mil euros a utilizadores... era bug, claro

Empresa municipal de estacionamento ainda está a estudar erro informático. Quem usou o crédito, paga à EMEL na próxima utilização

Uma falha informática distribuiu hoje cerca de 100 mil euros pelas contas de 14 mil utilizadores da aplicação ePark, da Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL), que assegura que a situação está a ser resolvida.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG