EDP contra-ataca e processa o Estado nas rendas da energia

A EDP contesta o valor do ajustamento final dos Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual. A elétrica garante que tem direito a mais 100 milhões.

A EDP anunciou esta terça-feira que vai contestar judicialmente o valor da reversibilidade final dos Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC), no valor de 154 milhões de euros, menos 102 do que o apurado pela elétrica.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias