Dona do Pingo Doce distribui 38 milhões aos trabalhadores

Aumento eleva para de 475 euros o prémio extraordinário que cerca de 80% dos mais de 108 mil colaboradores do grupo irão receber este ano

A Jerónimo Martins aumentou em 6% o prémio atribuído aos trabalhadores do grupo dono do Pingo Doce, da Biedronka e da Ara, para 475 euros. O prémio, cujo valor é igual nos três países onde o grupo está presente, abrange cerca de 80% dos colaboradores.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias