Dívida pública desceu em junho 4,6 mil milhões de euros

Banco de Portugal indica que diminuição deve-se, na maioria, às amortizações de títulos no valor de 4,4 mil milhões de euros.

A dívida pública fixou-se em 259,8 mil milhões de euros em junho, menos 4,6 mil milhões de euros do que em maio e mais 8.317 milhões de euros face a junho de 2019, segundo o BdP.

De acordo com os dados divulgados esta segunda-feira (3 de agosto) pelo Banco de Portugal (BdP), para a redução da dívida pública, na ótica de Maastricht (a que conta para Bruxelas), face a maio "contribuíram essencialmente as amortizações de títulos [de dívida pública] no valor de 4,4 mil milhões de euros".

Já os ativos em depósitos das administrações públicas desceram 8,2 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos aumentou 3,6 mil milhões de euros em junho, em relação ao mês anterior, para 242,8 mil milhões de euros.

Comparando com o mesmo mês de 2019, a dívida pública aumentou 8.317 milhões de euros.

Já em maio a dívida pública tinha subido para 264,4 mil milhões de euros, o valor mais alto desde 1995 - ano que marca o início da série estatística disponibilizada pelo banco central -, naquele que foi um aumento do endividamento face às necessidades de financiamento em tempos de pandemia.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias