Diretor de RH da TAP suspenso após vídeo polémico

As funções de Pedro Ramos serão asseguradas interinamente por Sandra Rodrigues, diretora de Organização de Pessoas e Produtividade da TAP, informou a Comissão Executivo em mensagem aos colaboradores

A Comissão Executiva da TAP suspendeu o diretor de Recursos Humanos da companhia, na sequência do vídeo polémico publicado nas redes sociais dando conta de um processo de recrutamento em Espanha, numa altura em que a TAP vive um duro processo de reestruturação.

Na mensagem enviada aos trabalhadores, a que o Dinheiro Vivo teve acesso, Ramiro Sequeira e Alexandra Reis, respetivamente presidente da Comissão Executiva e administradora executiva da companhia aérea, informam que "Sandra Rodrigues irá assegurar interinamente as funções do diretor de Pessoas e Cultura, no contexto do processo de inquérito instaurado, que determina a suspensão de funções de Pedro Ramos até à conclusão do mesmo". Sandra Rodrigues é diretora de Recursos Humanos, com o pelouro da Organização de Pessoas e Produtividade da TAP.

A Comissão Executiva da companhia acrescenta que o processo de inquérito, que será seguido dos "procedimentos disciplinares aplicáveis a esta situação", foi instaurado na sequência da tomada de conhecimento "de uma publicação, a título pessoal, nas redes sociais". A situação gerou já uma onda de protestos, a começar pelo Governo, com fonte oficial do Ministério das Infraestruturas e Habitação a dizer-se "indignado" com o vídeo.

"Neste momento delicado da vida da companhia, expressamos a nossa solidariedade para com todos os trabalhadores da TAP e apelamos ao bom senso e recato de todos", pode ler-se ainda na mensagem da Comissão Executiva, que termina exortando ao "empenho e colaboração de todos para, juntos, ultrapassarmos os grandes desafios que temos pela frente".

Ilídia Pinto é jornalista do Dinheiro Vivo, a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG