Desigual com queda nas vendas pelo terceiro ano seguido

Apesar dos maus números registados em 2018, a marca espanhola espera que a situação se inverta ainda no primeiro trimestre deste ano.

Já lá vão três anos seguidos em que a Desigual, que se distinguiu no mercado têxtil pelas roupas com padrões assimétricos e tonalidades extravagantes, regista uma queda nas vendas. Em 2017, a quantidade de roupas vendidas para homens, crianças e mulheres caiu 11,5% relativamente a 2016, o que significa um volume de negócios de 761 milhões de euros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG