De navios a startups. Fazedores portugueses em destaque na Bloomberg

A agência de notícias vê Lisboa como uma capital europeia cada vez mais atrativa para startups

Os fazedores portugueses estão a preferir criar novos negócios no seu país de origem. A antiga tendência de ir para Londres abrir uma startup, aos poucos, começa a abrandar, indicia a reportagem publicada esta quarta-feira pela Bloomberg. A culpa pode ser do Brexit, mas tem o crescimento do ecossistema empreendedor português também tem feito a diferença.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG