Cristina Ferreira, Tony Carreira e Pedro Abrunhosa entre os novos acionistas da TVI

A espanhola Prisa informou esta sexta-feira o regulador do mercado espanhol que chegou a acordo com vários investidores para a venda de 64,47% da Media Capital, "o que representa a totalidade da participação acionista".

A espanhola Prisa informou esta sexta-feira o regulador do mercado espanhol que chegou a acordo com vários investidores para a venda de 64,47% da Media Capital, "o que representa a totalidade da participação acionista".

A empresa espanhola Prisa vendeu a participação que detém na Media Capital, empresa que detém canais como a TVI, TVI24, Rádio Comercial e M80. Em comunicado presente no site do regulador do mercado de capitais espanhol, a CNMV, pode ler-se que depois de ter levado a cabo uma operação de prospeção de mercado à procura de potenciais investidores, a Vertix, SGPS, S.A., uma filial detida na totalidade pela Prisa, foram assinados hoje "com uma pluralidade de investidores acordos de vendas de ações da entidade portuguesa cotada Grupo Media Capital".

A Prisa explica ainda a vendas das ações a vários acionistas "no conjunto representam a totalidade da participação acionista (64,47%), mantida pela Vertix na Media Capital". A operação foi "autorizada pela Pluris Investments", detida por Mário Ferreira.

A Prisa avança que com a venda das ações arrecadará 36,8 milhões de euros. Esta operação surge perto de um mês depois de a Cofina, empresa que detém órgãos de comunicação social como o Correio da Manhã, CMTV, Jornal de Negócios e Record, ter lançado uma OPA sobre a totalidade do grupo dono da TVI, oferecendo pouco mais de 35 milhões de euros. O Jornal Económico, dois dias depois do lançamento da OPA por parte da Cofina, avançava que o grupo espanhol queria pelo menos 38,6 milhões de euros pela participação que detinha na Media Capital.

Já esta tarde, o Expresso avança que as famílias Gaspar, que controla a Lusiaves, e Serrenho, que controla a CIN, passarão a ter cerca de 20% e 10%, respetivamente da dona da TVI. Tony Carreira, Cristina Ferreira e Pedro Abrunhosa também vão ser acionistas da empresa que controla a TVI. Juntam-se a Mário Ferreira que detém 30,22% do canal de televisão. (Notícia atualizada pela última vez às 14:40)

As ações da espanhola Prisa estavam hoje a subir 3,73% na bolsa, após o anúncio da venda da totalidade da sua posição na Media Capital, dona da TVI, por 36,85 milhões de euros. Pelas 15:00 (hora de Lisboa), as ações da Prisa avançavam 3,73% para 0,42 euros. Já as ações da Media Capital permaneciam inalteradas em 2,02 euros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias