CGD e BdP vão entregar 495 milhões em dividendos ao Estado

A Caixa Geral de Depósitos deverá entregar 200 milhões de euros ao Estado em 2022.

A proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2022 prevê que os cofres do Estado vão receber 495 milhões de euros em dividendos do Banco de Portugal e da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

"A principal componente nos rendimentos da propriedade respeita aos dividendos de sociedades financeiras, prevendo-se a entrega de 295 milhões de euros pelo Banco de Portugal e 200 milhões de euros pela Caixa Geral de Depósitos", refere o relatório relativo à proposta de OE para 2022.

O ministro das Finanças entregou a proposta de OE para 2022 esta segunda-feira ao presidente da Assembleia da República.

A Caixa entregou este ano ao Estado 83,6 milhões de euros referentes a 2020 e o banco público pondera o pagamento de mais 300 milhões de euros de dividendo extraordinário no final deste ano.

O Banco de Portugal entregou ao Estado 428 milhões de euros em dividendos relativos ao exercício do ano passado.

Elisabete Tavares é jornalista do Dinheiro Vivo

Mais Notícias

Outras Notícias GMG