Centeno tem de ir mais ao mercado em 2019 por causa de dívidas de Sócrates

Novas idas ao mercado estavam a cair, mas há 8.373 milhões para pagar em junho relativos a obrigação de 2009. Em 2020 e 2021, será ainda mais puxado.

O valor a pedir aos mercados através de emissões de dívida pública no ano que vem terá de ter um reforço assinalável (mais 3% face a 2018), apesar de o défice estar a caminhar para zero e de a dívida mais cara (a do Fundo Monetário Internacional) ter sido totalmente saldada em 2018.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG