Burberry queima 32 milhões em produtos não vendidos para proteger marca

Marca de roupa de luxo britânica apresentou uma solução menos tradicional para manter a sua exclusividade.

A Burberry anunciou no seu relatório anual que queimou todos os produtos não vendidos no ano de 2017, avança elEconomista. O valor total dos produtos destruídos, que incluem roupa, acessórios e perfumes, é de 32 milhões de euros.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG