BCP sinaliza dividendos após jejum de 8 anos

Miguel Maya coloca o BCP no caminho do regresso à normalidade, com a porta aberta ao pagamento de dividendos.

Desde 2011 que os acionistas do Millennium bcp não recebem dividendos. Mas o banco prepara-se para voltar a remunerar os acionistas já em 2019. "A distribuição de dividendos por parte do BCP terá um valor simbólico", afirma Rui Bárbara, gestor de ativos do Banco Carregosa. Isto porque "o banco ainda se encontra na fase de capital rebuilt, e os resultados que conseguir serão utilizados, ainda, para melhorar os rácios de capital". Mas a medida marca o regresso do banco à normalidade depois de um período de crise que afetou o país e a banca.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias