Augusto Santos Silva desmente saída do Governo

Em entrevista à rádio TSF, o ministro dos Negócios Estrangeiros afirma que permanecerá no cargo "até quando o primeiro-ministro entender".

Augusto Santos Silva desmente que tenha pedido ao primeiro-ministro, António Costa, para sair da equipa governamental. Em entrevista à TSF, o ministro dos Negócios Estrangeiros afirma que "a composição do governo é uma competência exclusiva do primeiro-ministro e até quando o primeiro-ministro entender, da minha parte as coisas são muito simples: eu nunca abandonei a meio nenhuma tarefa na minha vida. Portanto, eu sou membro do Governo que vai até 2023 e tenciono, aliás, fazer tudo o que puder para que o eleitorado renove em 2023 a sua confiança no governo do PS".

Questionado sobre se estava com ânimo para continuar como Ministro dos Negócios Estrangeiros até o fim desta legislatura, Santos Silva responde: "Eu, cada dia que passa, estou com mais ânimo. Mais resmunguento porque a idade também nos põe um bocadinho mais resmungões, mas com cada vez mais ânimo".

Santos Silva deixou claro que não regressará à Faculdade de Economia do Porto, de que é professor, tão cedo. A última aula espera dá-la aos 70 anos, ou seja, dentro de seis anos. "E isso significa 2026. Portanto, para os amigos tenho esta mensagem: contem comigo. Para os adversários, tenho esta mensagem: tenham paciência".

A entrevista pode ser ouvida na íntegra, este sábado, depois do meio-dia, no programa O Estado do Sítio, na TSF.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG