As 20 empresas com mais benefícios fiscais para criar emprego

Cadeias de hipermercados, bancos, empresas de trabalho temporário estão na lista das que recebem mais benefícios fiscais para criar emprego.

Pingo Doce, EDP, Continente, Galp, Teleperformance, TAP e até o Banco de Portugal" tiveram um alívio nos impostos por via de benefícios fiscais à criação de emprego, algo que não tem cabimento porque tratam-se de organizações "grandes", algumas delas "multinacionais", que "não precisam desse tipo de apoio", defendeu esta terça-feira o Bloco de Esquerda (BE), numa audição parlamentar com o ministro das Finanças, Mário Centeno.

A deputada do BE, Mariana Mortágua, nomeou alguns dos "maiores beneficiários" das tais benesses fiscais para o emprego e referiu que o Estado prescinde anualmente de 41 milhões de euros em impostos por essa via. "Qual é a lógica de ter um benefício fiscal para todas estas grandes empresas que não precisam deste apoio?", questionou. O valor foi avançado pelo Jornal de Negócios, citando dados da Autoridade Tributária.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG