Aperto no investimento público é mais forte agora do que há um ano

Execução orçamental. Défice do primeiro semestre baixou 13%, para 2,6 mil milhões. Receita cresceu 2,5%, o dobro do ritmo da despesa (1,3%).

A execução do investimento público continua altamente controlada e bastante longe de atingir os objetivos do Orçamento do Estado deste ano (OE2018).

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG