Ambiente. Esmagamento de preços "põe em causa a sobrevivência das empresas"

Denúncia. Depois da construção, a engenharia. Estado impõe redução dos custos dos contratos e as empresas "fazem qualquer coisa" para ganhar obras.

O esmagamento de preços, que levou ao desaparecimento de inúmeras construtoras, chegou, também, aos serviços de engenharia e ambiente e está a criar desemprego e pôr em causa a sobrevivência das empresas. A denúncia é da Luságua, que fala em destruição de valor e degradação da qualidade. A Associação das Empresas Portuguesas para o Setor do Ambiente lamenta a falta de coragem para "adjudicar pelo preço certo" e aponta o dedo ao Estado, já que a Águas de Portugal (AdP) atua sobre 50% do mercado. O Governo não reage e a AdP também não.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG