Altice equaciona vender operação em Portugal e existem cinco interessados

A agência de informação financeira Bloomberg noticiou na quinta-feira que a Altice Europe, liderada por Patrick Drahi, está a "reavaliar as suas operações em Portugal", citando fontes conhecedoras do processo.

A Altice Europe está a equacionar a venda da operação em Portugal e existem cinco potenciais interessados, sendo que a subsidiária portuguesa está avaliada em sete mil milhões de euros, segundo a agência Bloomberg.

A agência de informação financeira Bloomberg noticiou na quinta-feira que a Altice Europe, liderada por Patrick Drahi, está a "reavaliar as suas operações em Portugal", citando fontes conhecedoras do processo.

A Blackstone, a CVC Capital Partners, a Apollo Global Management,a EQT AB e operadora de telecomunicações espanhola Masmovil Ibercom estão entre os potenciais interessados no negócio, que está avaliado em 8,2 mil milhões de dólares, segundo as mesmas fontes.

A Altice está a trabalhar com um consultor para explorar "conjunto de opções" para o seu negócio em Portugal, que inclui a empresa de telecomunicações MEO, sendo que não foi "tomada qualquer decisão final" sobre o desinvestimento, salientaram as mesmas fontes citadas pela Bloomberg. No entanto, advertiram que a Altice também "pode decidir manter o negócio".

Um responsável da Altice disse que o negócio em Portugal "não está à venda" e representantes da Blackstone, CVC, EQT e Masmovil recusaram-se a comentar o assunto, enquanto um porta-voz da Apollo estava disponível. Em 2015, a Altice pagou 5,5 mil milhões de pela aquisição da Portugal Telecom.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG