100 mil da administração pública abrangidos por aumento do salário

Com a proposta do OE2021 a incluir um aumento do salário mínimo, João Leão estima que cerca de "cem mil trabalhadores da administração pública vão ter um aumento significativo do salário por via do aumento do salário mínimo."

Na conferência de imprensa de apresentação do Orçamento do Estado para 2021, João Leão detalhou que, devido à proposta de aumento do salário mínimo, cem mil trabalhadores da administração pública vão ver "um aumento significativo do salário".

O ministro das Finanças refere que o governo propõe "um aumento bastante significativo do salário mínimo" no documento para o próximo ano. "Na administração pública o salário mínimo é de 645 euros, no setor privado é de 635 euros", indica João Leão, apontando que uma franja dos trabalhadores da administração pública com salários mais baixos vai ver um crescimento no salário caso o Orçamento seja aprovado, à 'boleia' do aumento proposto.

"Abrange cerca de 100 mil trabalhadores da administração pública que vão ter um aumento significativo do salário por via do aumento do salário mínimo."

João Leão detalhou ainda que este aumento do salário mínimo estará alinhado com a subida da legislatura anterior. O aumento anterior do salário mínimo situou-se nos 23 euros.

O ministro das Finanças explica que o "valor não está determinado", estando dependente do "acordo com os parceiros sociais".

Tal como referiu em várias ocasiões nesta conferência, Leão defende que "é importante continuar a reforçar o salário mínimo", indicando que tal "dá confiança, dá expectativas, estimula a procura e é importante para os trabalhadores."

Cátia Rocha é jornalista do Dinheiro Vivo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG