Zamalek de Jaime Pacheco perde Champions africana

Equipa orientada pelo treinador português foi derrotada pelo Al-Ahly (2-1), que assim consegue o nono título africano e aumenta o recorde de troféus.

O Zamalek de Jaime Pacheco perdeu a final da Liga dos Campeões africanos. A equipa do treinador português perdeu com o Al-Ahly (2-1), equipa que Manuel José levou a quatro títulos africanos e que assim levantou o nono troféu.

A 56.ª final da Champions de África ficou decidida com golos de Amr Al Sulaya, aos cinco minutos, e Mohamed Magdy Kafsha, aos 86. O ex-leão Shikabala marcou o golo do Zamalek aos 31 minutos.

estava prevista para 29 de maio, em Douala, nos Camarões, mas aconteceu esta sexta-feira no Estádio Internacional do Cairo e pela primeira vez sem público devido à pandemia da covid-19. Foi a primeira final entre equipas do mesmo país e a segunda decidida em apenas um jogo, depois da edição inaugural (1964-65).

Foi a 13.ª final para o recordista Al-Ahly, que não perdeu nenhum dos últimos 18 jogos (15 vitórias e três empates) e assim conquistou o nono título africano (1982, 1987, 2001, 2005, 2006, 2008, 2012 e 2013). Quatro foram sob o comando do treinador português Manuel José. O Zamalek e o TP Mazembe somam cinco troféus cada.

Mais Notícias